A new ssl certificate is installed on the ScoutWiki's. Everyone can now connect to the ScoutWiki again securely..

Mochila

Da wiki ScoutWiki
Ir para: navegação, pesquisa
Bússola
A mochila é um objeto muito importante e de grande utilidade.

Um dos segredos para uma boa jornada, um bom acampamento ou até um acantonamento é saber como organizar sua mochila. Então vão aí algumas dicas que podem te ajudar no próximo acampamento.

Primeiro, você deve saber o que vai ter que colocar dentro de sua mochila, lá vai um exemplo de material para um acampamento de três dias (lembrando que isto é apenas um exemplo. Ao preparar sua mochila, levar em conta as necessidades inerentes à atividade proposta. Quem vai ao deserto, necessita de outros equipamentos de quando se vai à montanha, por exemplo):

-2 camisetas
-1 calça comprida
-1 calção
-1 short
-3 cuecas ou calcinhas
-3 pares de meia
-Agasalho(s)
-Capa de chuva
-Saco de dormir (observar a temperatura a ser enfrentada)
-Isolante Térmico
-Tênis extra
-Pasta e escova dentes
-Sabonete
-Toalha
-Desodorante
-Lanterna
-Cantil
-Prato, Copo e Talheres
-Caixa de Primeiros Socorros
-Saco Extra para roupa suja
-Caixa de sobrevivência individual



Todo o mateiral deve ser devidamente acondicionado em sacos plásticos para evitar que se molhem no caso de chuva. Para a melhor utilização do espaço de sua mochila, as roupas devem ser enroladas. Primeiro coloque o saco de dormir, e depois vá colocando as vestimentas e os mateiras mais leves. Lembre-se que na parte on ficará suas costas deve receber materiais macios, como camisetas e toalha, para não te machucar! Mais acima coloque as roupas mais pesadas, seu tênis reserva e acima de tudo a capa de chuva, para reforçar a impermeabilização de sua mochila. Na “tampa” da mochila deve-se colocar a carteira, dinheiro e objetos que utilizará frequentemente. Nos bolsos laterais você deve colocar lanterna, materiais de higiene, e os materias de pequena acomodação.

Agora é só pegar sua mochila e começar o seu acampamento!

DICAS

Usar o bom senso realmente é o ideal em todas as ocasiões, então atente para: Armações externas podem enganchar em galhos de árvores naquela bela trilha ou arrancar os cabelos da companheira ao lado, por exemplo. Além disso as armações externas afastam o peso do corpo, o que pode causar desequilíbrio. As ombreiras (alças dos ombros) muito largas podem machucar suas axilas; já as muito estreitas, com o peso, podem “cortar” seus ombros. A barrigueira, muitas vezes dispensada por quem carrega a mochila, pode retirar de 50% a 80% do peso de seus ombros, transferindo-o para o quadril. A barrigueira deve ser bem fixada à parte inferior da estrutura da mochila. Em se falando em quadril, a mochila ideal também tem que ser “compatível” com seu dorso (espinha – ligação do pescoço à bacia). Caso ela seja maior ou esteja com as alças longas demais (desajustadas), a mochila acabará puxando seu corpo para trás, sobrecarregando seus ombros com peso (sobretudo a parte da frente) e, para quem tem o quadril um pouco “avantajado” é um sufoco! Imagine: dores nos ombros, corpo puxado para trás, mochila longe do corpo pulando sobre seu quadril (vale ressaltar que isso é mais passível de acontecer com mulheres) e outra série de incômodos. Já se a alça estiver curta demais, certamente ficará com dores na parte superior das costas e na dianteira dos ombros, quando não dos peitos e sobre os rins (caso a mochila seja pequena demais para você ou para o que quer carregar). Existem inúmeros modelos de mochilas no mercado. Variedade de preços, tamanhos, modelos e informações de “manuais” podem lhe confundir, por isso, preste atenção nos seguintes itens:

  • Tamanho: O tamanho de uma mochila é determinado pela sua capacidade em litros. Isso sempre soa muito abstrato para quem está pouco familiarizado com o assunto e pode não significar absolutamente nada para quem está comprando sua primeira mochila. As pequenas em geral têm capacidade para 25 a 40 litros. A capacidade das médias varia de 45 a 60 e as grandes, podem carregar de 60 a 90 litros. Pense primeiro em que atividade você estará realizando com a mochila. Existem mochilas especiais para bike, montanhismo ou caminhadas. Se você precisa de uma mochila polivalente, é melhor optar por uma média com bons recursos de regulagem.

Ergonomia e volume externo

  • Ergonomia

Este conceito refere-se à ajustabilidade dos objetos à anatomia humana. No caso da mochila ele é fundamental. Proporcionar transporte de carga em harmonia com a constituição física humana é a principal função da mochila. Na hora de escolher a sua, preste muita atenção em como ela se ajusta às costas e aos quadris. As mulheres devem verificar se a curvatura das alças não está incomodando na altura dos seios. Depois de algumas horas de caminhada, alças inadequadas podem machucá-los.

  • Volume externo

Bolsos laterais e traseiros são interessantes para separar a bagagem e manter determinados itens sempre à mão. Entretanto, bolsos externos podem se enroscar facilmente quando se caminha em mata fechada ou atrapalhar a locomoção em lugares muito movimentados como rodoviárias e aeroportos. O ideal é que a mochila seja mais estreita que seus ombros, mais baixa que sua cabeça e tenha perfil achatado sem bolso traseiro. Os modelos com bolsos destacáveis, que podem ser usados como pequenas mochilas de ataque são muito interessantes, assim como as que têm zíperes nas partes superior e inferior.

  • Arrumação: compartimentos e como distribuir o peso na mochila. O bom equilíbrio da mochila nas costas é fundamental para o conforto e desempenho do usuário. A distribuição dos equipamentos na mochila muda de acordo com a atividade a ser praticada, não é preciso levar o “mundo nas costas”:

Caminhadas leves ( terrenos suaves e descampados): coloque o material pesado o mais alto possível e perto das costas., de forma a manter o centro de gravidade da carga na altura dos ombros.

  • Caminhadas médias (terrenos acidentados e trilhas em mata) e escaladas: em situações que exigem passos altos, pulos, agachamentos e balanços laterais, o centro de gravidade deve ser baixado para a altura do meio das costas e próximo à mesma. Uma mochila grande, com centro de gravidade alto, pode derrubar seu dono durante um agachamento. A colocação do material mais pesado no lugar certo também facilita a operação de colocar e tirar a mochila sem ajuda.
  • Caminhadas difíceis (terreno muito acidentado e mata fechada) e grandes cargas: em expedições pela mata atlântica ou aproximações de grandes montanhas, pode-se colocar o equipamento pesado no fundo da mochila, o que permite maior liberdade de movimentos e, conseqüentemente, menor desgaste físico durante a jornada.

Para acomodar as roupas dentro da mochila, há os que prefiram fazer um “rocambole” das peças, outros enfatizam que dobrar é a melhor opção. Aconselhamos que faça um teste, com ambas as opções. Ah, também é recomendado embalar em sacos plásticos as peças que levar, principalmente as pequenas como meias, roupas íntimas, etc.

As presilhas externas da mochila servem para que você pendure lanterna, panela, isolante térmico, barraca e colchonete (protegido da água hein?!). Nos bolsos devem ficar as coisas que deseja ter sempre à mão: cantil, canivete, câmera fotográfica (dependendo do tamanho), capa de chuva etc.scout-o-wiki:Rucksack